Minha Casa Pre Fabricada

Minas Gerais declara fim da epidemia de dengue

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, decretou esta semana o fim da epidemia de dengue no estado, encerrando uma emergência de saúde pública declarada cinco meses antes.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais nesta segunda-feira, o estado já confirmou mais de 970 mil casos de dengue neste ano, com 764 mortes confirmadas e outras 732 em investigação.

A capital do estado, Belo Horizonte, já havia suspendido sua emergência sanitária no mês passado, com o prefeito Fuad Noman alegando que a cidade “superou o vírus”.

No pico da crise da dengue deste ano, em março, o estado de Minas Gerais foi responsável por aproximadamente um terço de todos os casos do país. A taxa de 8.059 casos por 100.000 habitantes só foi superada pelo muito menor Distrito Federal.

Nos primeiros quatro meses de 2024, 4,3 milhões de brasileiros foram diagnosticados com dengue; esta foi a pior epidemia desde 2015, ano com 1.688.688 casos notificados.

Este ano, o Brasil também bateu um novo recorde de mortes relacionadas à dengue; 2.197 foram confirmadas e outras 2.276 ainda estão sob investigação. Esses números são os mais altos desde 2000.

A emergência em Minas Gerais também abrangeu outras doenças transmitidas por mosquitos, como chikungunya e zika. O estado confirmou 109.953 casos de chikungunya até agora, com 83 mortes. Apenas 38 casos de zika foram confirmados desde o início do ano.

Um total de nove estados brasileiros declararam emergência sanitária em meio à epidemia de dengue. Além de Minas Gerais, o Rio de Janeiro também declarou fim da emergência.

Embora a taxa de mortalidade da dengue seja pequena, o impacto da epidemia da doença na economia pode chegar a R$ 4,4 bilhões (US$ 889 milhões) em perdas de produtividade em 2024, segundo estimativas de meados de abril da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) — o impacto real pode acabar sendo muito maior.



Com informações de Brazilian Report.

Similar Posts