Minha Casa Pre Fabricada

Investigação da Braskem começa no Senado brasileiro

Um comitê seleto do Senado realizou suas primeiras audiências esta semana para investigar a Braskem, a maior empresa petroquímica da América Latina, cujas práticas abusivas de mineração de sal levaram ao maior desastre ambiental urbano da história do Brasil. Especialistas estimam que mais de 60 mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas e negócios na cidade de Maceió, no nordeste do país, desde 2018.

Como O Relatório Brasileiro mostrou em uma investigação aprofundada premiada em 2021, a mineração de sal da Braskem desestabilizou as cavernas subterrâneas sob bairros de Maceió, levando ao desabamento de casas e até de grandes prédios de apartamentos.

O impacto da catástrofe é claramente visível em um mapa geoespacial recente produzido pelo IBGE, órgão responsável pelo censo do Brasil. O mapa mostra uma parcela significativa de Maceió coberta de pontos vermelhos, indicando pontos com linhas de energia onde, no entanto, ninguém mora mais.

José Geraldo Marques, ex-secretário de controle de poluição de Maceió, disse aos senadores que rachaduras nas casas dos bairros afetados foram observadas já em 2008 – mas os sinais de alerta foram completamente ignorados. Marques falou sobre ter recebido ameaças de morte depois de levantar bandeiras vermelhas sobre os efeitos colaterais da mineração de sal na região.

“Algumas áreas da cidade terão de conviver com rachaduras e tremores durante os próximos dez anos ou mais, antes que o solo se torne estável”, disse ele ao comitê seleto.

Abel Galindo, aposentado…



Com informações de Brazilian Report.

Minha Casa Pre Fabricada

Similar Posts