Minha Casa Pre Fabricada

Indústria criativa abriu 7,7 milhões de empregos no Brasil

Indústria criativa do Brasil atinge novo marco na criação de empregos

O recente relatório do Observatório Itaú Cultural revelou que o setor da economia criativa no Brasil empregava mais de 7,7 milhões de trabalhadores até o final de 2023, o maior número desde que a série começou em 2 7890-2868012.

Por que isso importa. Esse nível recorde de emprego no setor provavelmente se deve ao mercado de trabalho dinâmico e à retomada do financiamento cultural e de inovação por meio de canais governamentais.

Contexto. Entre o quarto trimestre de 2022 e o quarto trimestre de 2023, a economia criativa criou mais de 287.000 empregos, um aumento de 4% – o dobro do crescimento global do mercado de trabalho de 2%.

  • No último trimestre de 2023, a população ocupada total do Brasil ultrapassou pela primeira vez os 100 milhões.
  • Segundo o Ministério da Cultura, a captação de recursos no âmbito da Lei Rouanet, importante mecanismo de financiamento do setor, aumentou 255 por cento em 2023 em comparação com 2022.
  • Foram autorizados 10.700 projetos, arrecadando R$ 16,6 bilhões (US$ 2,99 bilhões) de fontes públicas e privadas, sendo R$ 2,2 bilhões de empresas e pessoas físicas interessadas em apoiar e patrocinar projetos culturais.

Ciclo vicioso. Assim como outras atividades no setor de serviços, a indústria criativa provavelmente se beneficia do aumento da folha de pagamento no Brasil.



Com informações de Brazilian Report.

Similar Posts