Minha Casa Pre Fabricada

Fugir para viajar… ou viajar para fugir?

Como nossos leitores e ouvintes já viram, O Relatório BrasileiroO podcast Explicando o Brasil desta semana mergulhou nas ambições globais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ofuscando sua atenção às políticas internas mais caóticas do que o normal.

Na tentativa de divergir do isolamento diplomático do ex-presidente Jair Bolsonaro e trazer o Brasil de volta ao cenário mundial – algo que foi priorizado durante os dois primeiros mandatos de Lula, de 2003 a 2011 – o líder de centro-esquerda tem sido criticado por viajar e saborear cúpulas internacionais um pouco demais para o conforto.

Para ser justo, Lula só teve cerca de uma semana de paz durante o seu terceiro mandato presidencial: os dias que antecederam os motins de 8 de janeiro em Brasília em 2023.

Desde então, sua vida não tem sido fácil. Para dizer o mínimo.

Atormentado por dificuldades em negociar com um Congresso muito conservador em assuntos como a tributação das compras internacionais, aspectos legais do aborto e das drogas e as enchentes no Rio Grande do Sul (um dos maiores desastres naturais da história do Brasil), Lula se vê consumido por múltiplos desafios.

Por último, mas não menos importante, há também algumas tensões recentes com o Banco Central, mais um exemplo de como se tornou difícil para Lula criar uma agenda interna sólida.

Ter um bom desempenho em casa é muito importante para o chefe de Estado. Afinal, o próprio Lula admitiu que busca concorrer novamente em 2026 para evitar ver “trogloditas” vestindo a faixa presidencial. Se continuar a priorizar a política externa em detrimento da política interna, corre o risco de perder as próximas eleições.

Confira a criação deste cartoon na conta TikTok do The Brazilian Report (@brazilianreport).



Com informações de Brazilian Report.

Similar Posts