Minha Casa Pre Fabricada

Câmara do Brasil quer resposta mais forte a membros briguentos

A Câmara dos Deputados do Brasil aprovou na semana passada por maioria esmagadora uma resolução que concede poderes aos seus líderes para suspender os mandatos dos legisladores que violam seu código de conduta, depois que uma disputa pública quase levou dois membros a se envolverem em uma altercação física.

No dia 5 de junho, os dois parlamentares mais votados do estado de Minas Gerais brigaram nos corredores do Congresso.

A Comissão de Ética da Câmara acabava de arquivar um pedido de impeachment do deputado André Janones, aliado próximo do governo Luiz Inácio Lula da Silva, por fortes evidências de seu envolvimento no chamado “rachadinha” — um esquema através do qual funcionários públicos desviam o dinheiro dos contribuintes ao contratar pessoas que concordam em devolver uma parte do seu salário. O Sr. Janones é investigado separadamente pela Polícia Federal no mesmo caso.

O resultado frustrou o deputado de extrema direita Nikolas Ferreira, que compareceu à audiência pública para exigir punição ao Sr. Janones – apesar de ele próprio não ser membro do Comitê de Ética.

“O Supremo pode fazer o que quiser, mas existe uma lei que nunca poderá derrubar neste país, que se chama lei da colheita, [Mr.] Janones – você colhe o que planta”, disse Ferreira.

Senhores, vocês não podem lutar aqui…

Poucos minutos após o término da reunião, ainda dentro do Comitê de Ética…



Com informações de Brazilian Report.

Similar Posts