Minha Casa Pre Fabricada

A maioria das indústrias sofreu cortes de energia nos últimos 12 meses

Setenta por cento dos executivos da indústria relataram pelo menos uma queda de energia não anunciada em suas fábricas nos últimos 12 meses, de acordo com um estudo encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgado na segunda-feira.

O instituto de pesquisas IPRI, que conduziu a pesquisa, entrevistou por telefone 1.002 executivos de manufatura de pequenas, médias e grandes empresas entre o final de abril e o final de maio. Quase metade (47 por cento) vem do Sudeste, a região mais rica e populosa do Brasil.

As interrupções de energia foram relatadas em números semelhantes por empresas de diferentes tamanhos. Foram mais frequentes no Nordeste (79 por cento) em comparação com 71 por cento no Sudeste. Mesmo no Sul, a região com melhor desempenho, cortes de energia não anunciados foram relatados por 64% dos entrevistados.

Entre aqueles que relataram cortes de energia, 21% disseram que aconteceram 11 ou mais vezes nos 12 meses anteriores. 34% relataram duas a quatro interrupções, enquanto 9% disseram que isso aconteceu apenas uma vez.

Também dentro deste grupo, 46% dos setores relataram que as interrupções causaram um impacto “sério” ou “significativo” na produtividade, com 20% dizendo que tiveram impacto mínimo ou nenhum.

Roberto Wagner Pereira, gerente de energia da CNI, disse em nota que “o maior problema dos cortes de energia para a indústria está na paralisação da produção. Dependendo do tipo de empresa e linha de produção, há perdas de matéria-prima, produtos e horas de trabalho. São perdas consideráveis, que acabam em custos elevados para as indústrias.”

No final de 2023, milhões na cidade de São Paulo, a maior do Brasil, ficaram sem eletricidade por vários dias após uma grande tempestade. O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, instruiu a agência reguladora federal de energia do Brasil, a Aneel, a abrir processos disciplinares contra a Enel, a multinacional italiana responsável pela distribuição de energia no estado.



Com informações de Brazilian Report.

Similar Posts